jump to navigation

De quem será o Brasil das próximas décadas? julho 16, 2011

Posted by OhEremita in Divagando.
add a comment

Por que?

Convivendo com diferentes pessoas, nos diferentes níveis e variadas áreas de atuação, na sociedade e no mercado de trabalho do Brasil, tenho observado alguns detalhes interessantes e minha intenção é compartilhá-los aqui.

Os rapazes

Vejo neles um desinteresse constante, pelos estudos e pelo trabalho, principalmente no que diz respeito a motivação para aprender o novo, seja o que for, estão sempre cheios de vontades e verdades.

Possuem carros bem tratados, o “som” desrespeita a todos, seu dirigir desconsidera os demais.

A festa é deles, só sua individualidade conta.

As moças

Elas por sua vez, demonstram grande interesse pelos estudos, muita dedicação ao trabalho, grande facilidade de comunicação com quem quer que seja. Obedecem com presteza, ordenam com imparcialidade.

Possuem carros, imóveis, bons níveis de escolaridade, se vestem adequadamente, se comportam com extrema educação.

Seus pertences, antes de serem ostentação, são mais utilidade.

Nas próximas décadas

Os proprietários e diretores, serão sempre aqueles com visão de futuro, seja homem ou mulher.

Atividades técnicas e científicas, não terão outras mãos e mentes, que não as das moças de hoje para sustentá-las, já que necessitam de dedicação e conhecimento.

As atividades produtivas, a cada dia pertencem mais às máquinas automáticas.

Pobres rapazes…

Copyleft (C) 2011 Sincero Zeferino Filho (OhEremita)

O preço do conhecimento julho 4, 2009

Posted by OhEremita in Divagando.
comments closed

Todos nós temos a petulância de acreditar que devemos cobrar pelas “nossas” obras intelectuais.
Nos esquecemos que ao pagarmos uma mensalidade, em uma escola, estamos apenas pagando os custos que a dita escola tem, para nos transmitir o conhecimento acumulado pela humanidade, ela não está nos vendendo um conhecimento produzido por ela. O mesmo acontece quando compramos um livro, uma revista, um CD.
Nós não produzimos conhecimento, apenas repassamos, portanto é legítimo que recebamos, por nosso trabalho de transmissão do conhecimento, a devida recompensa.
Não temos o direito de aprisionarmos o conhecimento, de receber recompensas eternas, ser sustentados materialmente por uma “obra intelectual”.
Ou seja: recebemos o conhecimento da humanidade, temos então o dever, de disponibilizar este conhecimento, a outros que não o tenham, como nós mesmos não o tínhamos.

Copyleft (C) Sincero Zeferino Filho (OhEremita)

Fundo do poço outubro 26, 2008

Posted by OhEremita in Divagando.
add a comment

Umas vezes, estamos nos picos do sucesso.
Noutras, nas montanhas da estabilidade.
Então evitamos, olhar em sua direção!
Ele está abaixo do nevoeiro.
Medonho!
Sombrio!
Até em pensamento nos apavora.
Ir até lá, nos parece pior que a morte.
Com nossas atitudes, abrimos caminho.
Somos levados, nesta viagem não desejada.
Chegamos ao fundo do poço!
Nos fazem companhia, apenas os verdadeiros amigos!
Recebemos apenas, a nobreza da solidariedade.
Levamos dali, apenas as lições mais valiosas!
Este lugar deveria ser o mais agradável, dentre todos.
Uma grande ironia…

Copyleft © 2007 Sincero Zeferino Filho (OhEremita)

A vida concontra um jeito janeiro 2, 2008

Posted by OhEremita in Divagando.
add a comment

Uma planta que nasceu em uma fresta do concreto, das nossas cidades

Não importa o quanto, nós humanos, nos esforcemos para destruir a vida, ela sempre encontrará uma maneira de nos mostrar sua força.